Header image

São Miguel do Gostoso

RN/Brasil
charme - velejo
\
  
 
 
 
 
Blog
     
 

Atitude - Muito Mais Gostoso

Além de jornalista, Emanuel Neri é empreendedor do Turismo em São Miguel do Gostoso

São Miguel do Gostoso começa a se mexer

              

 

 

 

 

 

Enfim, uma boa notícia.

A comunidade hoteleira de São Miguel do Gostoso, junto com a prefeitura e outros órgãos locais, começam a se mexer. O objetivo é dar um mínimo de ordem na nossa cidade e na estrutura do nosso turismo. Segurança pública, excesso de barulho causado por shows, calendário de festas, proibição do trânsito na praia –tudo isso, e mais muitas outras questões, passaram a ser discutidas, de forma sistemática, praticamente todas as semanas. E já começam a aparecer os resultados positivos.

Está decidido que o trânsito pela orla urbana –um perigo para as nossas crianças e para todas as pessoas que nos visitam – vai ser desviado para a malha urbana. Os veículos que vem pelo lado Sul –de Touros ou de Natal – serão obrigados a entrar na cidade por um acesso na altura da Ponta do Santo Cristo. Voltam para a orla depois da praia do Maceió, fora do trecho urbano da cidade. O mesmo ocorre para os veículos que vem do lado Norte, de Galinhos ou do Ceará –entram pelo desvio do Maceió e voltam à praia na Ponta do Santo Cristo.

A Prefeitura está se empenhando para resolver este problema. Obteve a cessão dos terrenos, depois da praia do Maceió, e vai fazer os acessos, com pedras do tipo piçarras. Já faz tempo que a comunidade e os turistas reclamam do enorme risco de atropelamento na nossa orla. Veículos em alta velocidade passam constantemente pela beira da praia –alguns como motoristas embriagados – aumentando, e muito, o risco de acidentes na praia. A medida também beneficia o comércio local, na medida em que os motoristas param seus veículos na cidade para fazer pequenas compras.

Outra iniciativa mais do que oportuna é o enfrentamento da questão da segurança. Finalmente, hoteleiros e poder público chegaram à conclusão –constantemente solicitado aqui neste espaço – de que é obrigação do governo estadual aumentar o contingente de policiamento da cidade e dar a estrutura necessária para que haja mais segurança. Um grupo de hoteleiros, junto com o prefeito Miguel Teixeira, levou estes problemas para o secretário de Segurança do Estado. Já há sinais de que muitas destas reivindicações podem ser atendidas.

Além do reforço policial, o governo do Estado também prometeu reformar a delegacia da cidade para que ela tenha as mínimas condições de abrigar policiais e presos. As instalações da nossa delegacia sempre foram péssimas. Vamos aguardar para ver se esta reforma sai mesmo –ou se foi mais uma promessa feita em época de campanha eleitoral. Parece que também está havendo mais investigação aos focos de criminalidade e pontos de drogas que haviam na cidade. Ocorrências, como assaltos e furtos ocorridos em pousadas e restaurantes, começam a ser desvendados com mais rapidez e responsabilidade.

A outra questão agora é o combate ao barulho que inferniza a cidade, causando transtornos à população e aos turistas que nos visitam. Há um grupo de moradores e hoteleiros pedindo ao prefeito para que transfira para outro local as festas e shows que são realizadas hoje na Praia da Xepa, o local mais central da cidade. Quando há festas ali, ninguém consegue dormir em condomínios e pousadas próximos. A idéia é que se transfira estes shows para um local mais distante da cidade, para que não se perturbe mais o silêncio de quem vai a São Miguel do Gostoso para descansar. Isto sempre prejudicou muito a imagem da cidade. A Prefeitura e a comunidade hoteleira também estão agindo junto ao Ministério Público em outras frentes. Uma delas é a definição de um calendário de festas na cidade –só nestes dias seriam permitidas festas até mais tarde. O objetivo é também contribuir para que a cidade tenha mais tranqüilidade –e menos barulho provocado por som alto de casas de bailes. Tenho uma conhecida casa de bailes na cidade que insiste em desrespeitar normas anteriores já baixadas pelo Ministério Público. E isso continua ocorrendo mesmo depois que sua proprietária foi processada e condenada pela Justiça pelos transtornos que causava à população com suas festas barulhentas.

Acho que estamos no caminho certo.

Outra frente aberta junto ao Ministério Público diz respeito a uma notícia divulgada, de forma absolutamente irresponsável e leviana, por um jornal da região, de que havia muitos casos de prostituição infantil na cidade, contando com o apoio de algumas pousadas. A própria comunidade hoteleira pediu providências ao Ministério Público para investigar a veracidade da notícia –até agora nada foi comprovado. Aparentemente está por trás desta notícia mais um caso de irresponsabilidade jornalística. Se isso for mesmo comprovado, o jornal que divulgou esta notícia falsa –talvez com o objetivo de prejudicar nosso turismo – deve ser processado.

Sinais e iniciativas demonstram que nossa cidade está começando a levar seu turismo –e o respeito à sua população – mais a sério. O turismo é hoje a maior fonte de renda de São Miguel do Gostoso. É também quem gera mais emprego, é quem dar mais visibilidade à cidade –enfim, é a roda que faz a nossa economia girar. Por tudo isso, é importantíssimo que o poder público –junto com o setor hoteleiro e turístico – tome providências para dotar a cidade de regras mínimas de civilidade que qualquer cidade que leva seu turismo a sério tem que adotar. Vamos em frente.

Estamos no caminho certo.

 

 
     

Quer comentar este artigo? Envie um email para: praiadogostoso@gmail.com

As opiniões expressas nos artigos são da responsabilidade dos seus autores e não veiculam necessariamente a orientação do site www.praiadogostoso.com.

 

[Abril 2011] "São Miguel do Gostoso", o filme, faz pensar

[Março 2011] Sinais de maturidade e equilíbrio em São Miguel do Gostoso

[Janeiro 2011] São Miguel do Gostoso se desenvolve, mas ainda tem desafios

[Agosto 2010] São Miguel do Gostoso começa a se mexer

[Março 2010] Vamos nos mobilizar contra a violência e o descaso do Estado

[Fevereiro 2010]
Verão de São Miguel do Gostoso foi movimentado e cheio de atrações

[Janeiro 2010]
Segurança é dever do Estado

[Outubro 2009]
Mais uma da turma do barulho

[Agosto 2009]
Prá não dizer que não falei das flores – e das borboletas

[Julho 2009]
Bem que o Conselho da Criança e do Adolescente deveria entender melhor a questão do barulho

[Junho 2009]
Sebrae ajuda São Miguel do Gostoso a melhorar seu turismo

[Abril 2009]
Problemas de uma cidade que cresce, mas que precisam ser enfrentados

[Fevereiro 2009]
Quando todos se unem, é bem mais fácil resolver

[Janeiro 2009]
São Miguel do Gostoso consolida perfil de turismo cool

[Outubro 2008]
Chegou a hora de levar o nosso turismo a sério

[Janeiro 2008]
São Miguel do Gostoso cresce com qualidade

[Janeiro 2007]
São Miguel do Gostoso tem verão com defesa ambiental

[Outubro 2006]
São Miguel do Gostoso, modelo de preservação social e ambiental

[Agosto 2006]
Querem vender a Ponta do Santo Cristo

[Junho 2006]
Aterro das nossas lagoas é grave crime ambiental

[Maio 2006]
Imprensa brasileira dá visibilidade a São Miguel do Gostoso

[Março 2006]
Vamos discutir nosso meio ambiente

[Janeiro 2006]
Muito Mais Gostoso

Fãs de Gostoso


     
  Gostoso na mídia
 
 

praiadogostoso@gmail.com
www.praiadogostoso.com - O site de São Miguel do Gostoso - desde 2005