Header image

São Miguel do Gostoso

RN/Brasil
charme - velejo
\
  
 
 
 
 
Blog
     
 

Atitude - Muito Mais Gostoso

Além de jornalista, Emanuel Neri é empreendedor do Turismo em São Miguel do Gostoso

São Miguel do Gostoso conquista mídia e está em museu de São Paulo

              

 

 

 

 

 

É impressionante como São Miguel do Gostoso conquista cada vez mais importante visibilidade na mídia e consolida-se como um dos principais destinos turísticos do Nordeste brasileiro. Na edição de 17 de junho de 2010, a edição de turismo da Folha de  São Paulo  --o mais influente jornal do país – escolheu São Miguel do Gostoso como um dos melhores lugares do Nordeste para “espantar o frio” que está fazendo no centro-sul do país. Na mesma semana, São Miguel do Gostoso ganhou espaço em uma exposição do importante Museu Afro Brasil, também de São Paulo, dentro da exposição O Negro Futebol Brasileiro.


No primeiro caso, São Miguel do Gostoso aparece com um linda e “aquecida” foto do seu pôr do sol, que no meio do ano se põe dentro do mar –como os ventos são fracos nesta época do ano, o mar está sempre azul. “No RN, vento forte e mar sem ondas caracterizam praia”, diz o título da reportagem. “Maré tranqüila é boa para se refrescar. São cerca de 20 km de litoral infraestrutura adequada para turistas”, afirma o texto. No caso da exposição do Museu Afro Brasil, São Miguel do Gostoso aparece em um filme ao lado de craques, negros e mulatos, que fizeram a história do futebol brasileiro, como Pelé, Garrincha, Didi e Ademir da Guia.


O filme sobre São Miguel do Gostoso chama-se “Anônimos” –um contra-ponto aos muitos craques presentes naquela exposição. Trata-se de um fragmento de um documentário que o cineasta paulista Eugênio Puppo está fazendo sobre a cidade. São dois minutos e meio de filme, que passam em looping (o filme vai passando e repetindo, sem parar) com imagens lindíssimas de uma “pelada” de jovens na beira da praia. As imagens focam sempre na bola e na habilidade com que ela é conduzida por aqueles “anônimos” craques de futebol. As imagens sobre São Miguel do Gostoso enchem os olhos de quem vai ao Museu Afro Brasil.


E por que São Miguel do Gostoso foi parar nesta exposição? Segundo Emanuel Araújo, diretor do Afro Brasil, há uma grande coincidência com o fato de a exposição retratar futebolistas afrobrasileiros, que fizeram a glória do nosso futebol, e São Miguel do Gostoso ser um dos locais do Brasil de maior proximidade com a África. Quem for a São Paulo não pode deixar de ver esta exposição, onde a genialidade da negritude futebolística brasileira mistura-se com as imagens belíssimas dos “anônimos” jovens jogadores potiguares e sua impressionante familiaridade com a bola. São Miguel do Gostoso marca um belo gol nesta exposição.


Exposição como esta e a visibilidade que São Miguel do Gostoso vem conquistando na mídia fazem parte de um projeto sério cuja meta é fazer da cidade um dos destinos turísticos mais importantes do Nordeste. No final de maio, durante a Feira do Turismo Brasileiro, também realizada em São Paulo, São Miguel do Gostoso estava presente. Empresários locais foram a São Paulo para venderem nosso destino turístico para agências e operadoras de turismo de todo o país. Destaque par ao belo folder institucional apresentado pela cidade.

É claro que ainda falta caminhar muito. Nossos problemas com a segurança pública ainda não foram definitivamente resolvidos. Há outras questões que precisam ser enfrentadas. É verdade que a nossa prefeitura tem feito esforços para melhorar a cidade, como é o caso da elaboração do Plano Diretor. Mas algumas vezes erra na mão. Quem chega agora a São Miguel do Gostoso se surpreende com um “moinho holandês” construído em uma praça, bem na entrada da cidade. E o que é que “moinho holandês” tem a ver com a nossa cultura? Absolutamente nada. Apesar da boa vontade da Prefeitura em embelezar a cidade, este tipo de iniciativa nos expõe a constrangimentos diante de pessoas que nos visitam. Por que não substituir aquele “moinho” por um belo coqueiro, que representa muito mais a nossa cultura?


 

 

 

 
     

Quer comentar este artigo? Envie um email para: praiadogostoso@gmail.com

As opiniões expressas nos artigos são da responsabilidade dos seus autores e não veiculam necessariamente a orientação do site www.praiadogostoso.com.

 

[Abril 2011] "São Miguel do Gostoso", o filme, faz pensar

[Março 2011] Sinais de maturidade e equilíbrio em São Miguel do Gostoso

[Janeiro 2011] São Miguel do Gostoso se desenvolve, mas ainda tem desafios

[Agosto 2010] São Miguel do Gostoso começa a se mexer

[Março 2010] Vamos nos mobilizar contra a violência e o descaso do Estado

[Fevereiro 2010]
Verão de São Miguel do Gostoso foi movimentado e cheio de atrações

[Janeiro 2010]
Segurança é dever do Estado

[Outubro 2009]
Mais uma da turma do barulho

[Agosto 2009]
Prá não dizer que não falei das flores – e das borboletas

[Julho 2009]
Bem que o Conselho da Criança e do Adolescente deveria entender melhor a questão do barulho

[Junho 2009]
Sebrae ajuda São Miguel do Gostoso a melhorar seu turismo

[Abril 2009]
Problemas de uma cidade que cresce, mas que precisam ser enfrentados

[Fevereiro 2009]
Quando todos se unem, é bem mais fácil resolver

[Janeiro 2009]
São Miguel do Gostoso consolida perfil de turismo cool

[Outubro 2008]
Chegou a hora de levar o nosso turismo a sério

[Janeiro 2008]
São Miguel do Gostoso cresce com qualidade

[Janeiro 2007]
São Miguel do Gostoso tem verão com defesa ambiental

[Outubro 2006]
São Miguel do Gostoso, modelo de preservação social e ambiental

[Agosto 2006]
Querem vender a Ponta do Santo Cristo

[Junho 2006]
Aterro das nossas lagoas é grave crime ambiental

[Maio 2006]
Imprensa brasileira dá visibilidade a São Miguel do Gostoso

[Março 2006]
Vamos discutir nosso meio ambiente

[Janeiro 2006]
Muito Mais Gostoso

Fãs de Gostoso


     
  Gostoso na mídia
 
 

praiadogostoso@gmail.com
www.praiadogostoso.com - O site de São Miguel do Gostoso - desde 2005