Header image

São Miguel do Gostoso

RN/Brasil
charme - velejo
\
  
 
 
 
 
Blog
     
 

Atitude - Muito Mais Gostoso

Além de jornalista, Emanuel Neri é empreendedor do Turismo em São Miguel do Gostoso

Vamos nos mobilizar contra a violência e o descaso do Estado

              

 

 

 

 

 

Bom, parece que finalmente São Miguel do Gostoso resolveu se mobilizar contra o alto risco de insegurança que estão correndo nossa população e os turistas que nos visitam. Nos últimos tempos, não tem uma única semana em que não ocorra um assalto ou um roubo na cidade. Quanto mais a cidade se torna um pólo turístico importante, com enorme visibilidade em importantes veículos de comunicação, mais desperta o ``apetite`` da bandidagem. Isso é normal –já tinha acontecido com Pipa e com outros pólos turísticos do Brasil. O que não é normal é o total abandono de São Miguel do Gostoso pela polícia e pelas autoridades estaduais de segurança. A governadora Wilma de Faria (PSB) não dá a mínima pela nossa cidade –é como se dissesse: vocês que se virem, não tenho nada com isso!


Tem sim, governadora. Está escrito na Constituição do Brasil que segurança pública é um direito do cidadão e um dever do Estado. Será que a governadora Wilma de Faria pensa que a população de São Miguel do Gostoso –e os turistas que nos visitam – não são cidadãos brasileiros e que têm, portanto, o direito de terem suas vidas e seus patrimônios protegidos pelo Estado? Pois governadora, fique sabendo que a nossa população, de forma organizada, está se mobilizando para bater à sua porta –e a de quem puder nos ajudar -- atrás dos nossos direitos. Mesmo a senhora não querendo, o Ministério Público --e a Justiça do nosso Estado – vai obrigar a senhora a nos dar segurança. E também não esqueça, governadora, que 2010 é ano eleitoral.


Pense bem, governadora, antes de ir a São Miguel do Gostoso é à nossa região, como a senhora sempre faz em campanha eleitoral –alias, é bom lembrar que a senhora só aparece na nossa cidade em época de campanha eleitoral. Passou a campanha, a senhora some –falar com a senhora, ninguém consegue. Pois está história vai mudar a partir de agora. São Miguel do Gostoso está se mobilizando para enfrentar, nem que seja no grito, a questão da violência, que está deixando a todos nós apavorados. Abaixo-assinados estão correndo pela cidade pedindo mais segurança para os nossos cidadãos. Uma carta aberta também está pronta pra ser divulgada nos principais veículos de comunicação do Estado e do País. SOS Gostoso –é a palavra de ordem na cidade.


O turismo hoje é a grande fonte de renda de São Miguel do Gostoso. A violência pode pôr tudo isso a perder. Se a insegurança da cidade continuar como está, fatalmente, mais cedo ou mais tarde, ocorrerá entre nós a mesma tragédia que ocorreu em Pipa no início do ano passado, quando um turista sueco foi assassinado durante um assalto em uma pousada. Mas, além do turismo, tem o risco que a própria população está enfrentando. Entre as vítimas mais recente desta violência está o dono de uma padaria da cidade. Ele, sua mulher e seus filhos –um deles recém-nascido – sofreram barbaridades nas mãos dos bandidos. São vários os casos em que pessoas simples do lugar já foram vítimas desta insana de violência.


Não tenham dúvidas de que, se acontecer uma tragédia na nossa cidade, nosso turismo vai para o brejo. O fluxo turístico vai diminuir, muitas pousadas e restaurantes vão fechar, muitas pessoas vão se mudar da cidade, haverá uma enorme desvalorização dos imóveis locais --enfim, tudo o que o florescente turismo nos trouxe vai pôr água abaixo. Nós não podemos permitir isso. A cidade está se mobilizando para dar um basta neste estado de coisas. Vamos botar quase literalmente a boca no trombone e ampliar para os quatro cantos do país o nosso estado de abandono. Jornalistas –que já foram a São Miguel do Gostoso – estão recebendo mensagens para divulgar as nossas mensagens de SOS Gostoso.


Quem tiver um amigo influente deve procurá-lo para aderir a esta campanha. E-mails estão sendo disparados para todas as partes do Brasil denunciando o descaso com que as autoridades do Rio Grande do Norte tratam a população de São Miguel do Gostoso. Além da mídia convencional –jornais, rádios e TVs --, a mídia social também está sendo mobilizada com nossas mensagens. Todos tem que ficar sabendo como a governadora do nosso Estado vira as costas para o clamor da nossa população. E mais: fiquem certas as autoridades do Estado de que, se alguma tragédia ocorrer conosco, vocês serão responsabilizados pelas perdas pessoais e patrimoniais decorrentes deste tipo de abandono. Afinal, não custa repetir, segurança pública é um direito do cidadão e um dever do Estado.

 

 

 

 
     
 

Comentário de Manuel Barbosa:

18-Fev-2010

Olá a todos.


Começo por dizer que concordo com tudo o que foi dito no artigo do Emanuel Neri a respeito da insegurança a que prolifera em S. Miguel do Gostoso. É infelizmente inevitável que o crescimento da cidade em termos turísticos e comerciais não traga consigo um aumento da criminalidade.

No caso de Gostoso, devido ao seu tamanho, até seria relativamente fácil combater essa criminalidade e reduzi-la a níveis quase insignificantes. Era só haver vontade política para investir no numero de efetivos policiais, no equipamento e estrutura da policia e na motivação da mesma que certamente muitos problemas seriam resolvidos.

A questão é que Gostoso não é diferente de milhares de outras cidades deste pais. Vontade política no Brasil sempre á sinônimo de dinheiro. Por isso parece-me muito demagógico esperar que dos políticos venha alguma mudança. Gostoso é uma cidade pequena composta fundamentalmente por gente simples e honesta mas infelizmente acostumada a que os políticos lhes ofereçam os peixes em vez de as ensinar a pescar. Se essa violência atingisse diretamente a população em geral, se essa população tivesse consciência que o seu voto ou ausência dele poderia melhorar as coisas, talvez, repito, talvez um futuro prefeito pensasse em investir na segurança da cidade. Mas os mais diretamente atingidos são os comerciantes, empresários e turistas, ou forasteiros. A população de Gostoso na sua maioria chega ao dia das eleições e vota no candidato que lhe deu 100 ou 200 reais para comprar o seu voto.

Talvez com o tempo e desenvolvimento econômico e intelectual da população essa tendência mude. Mas até lá é demagógico pensar que algo vai mudar. Até porque aos políticos não interessa desenvolver muito a cidade e criar emprego para o povo porque um dia eles deixaram de poder comprar os votos da população, pelo menos tão barato.

Assim, a solução vai ter que passar por segurança privada, como aliás acontece em todo o pais. É caro?? É sim, muito caro. Era dever do governo providenciar?? Com certeza. Vai acontecer?? Não se iludam, não vai acontecer nunca. Para o governo do estado S. Miguel é insignificante e para o governo central mais ainda. Não esperem respeito pela constituição porque se a constituição fosse respeitada os políticos estavam todos presos.

O jeito é a unirem os interessados, conforme aliás já começou a ser feito, e criar uma solução alternativa que traga mais segurança a todos os que gostam de São Miguel do Gostoso.

Manuel Barbosa

 

 
     

Quer comentar este artigo? Envie um email para: praiadogostoso@gmail.com

As opiniões expressas nos artigos são da responsabilidade dos seus autores e não veiculam necessariamente a orientação do site www.praiadogostoso.com.

 

[Abril 2011] "São Miguel do Gostoso", o filme, faz pensar

[Março 2011] Sinais de maturidade e equilíbrio em São Miguel do Gostoso

[Janeiro 2011] São Miguel do Gostoso se desenvolve, mas ainda tem desafios

[Agosto 2010] São Miguel do Gostoso começa a se mexer

[Março 2010] Vamos nos mobilizar contra a violência e o descaso do Estado

[Fevereiro 2010]
Verão de São Miguel do Gostoso foi movimentado e cheio de atrações

[Janeiro 2010]
Segurança é dever do Estado

[Outubro 2009]
Mais uma da turma do barulho

[Agosto 2009]
Prá não dizer que não falei das flores – e das borboletas

[Julho 2009]
Bem que o Conselho da Criança e do Adolescente deveria entender melhor a questão do barulho

[Junho 2009]
Sebrae ajuda São Miguel do Gostoso a melhorar seu turismo

[Abril 2009]
Problemas de uma cidade que cresce, mas que precisam ser enfrentados

[Fevereiro 2009]
Quando todos se unem, é bem mais fácil resolver

[Janeiro 2009]
São Miguel do Gostoso consolida perfil de turismo cool

[Outubro 2008]
Chegou a hora de levar o nosso turismo a sério

[Janeiro 2008]
São Miguel do Gostoso cresce com qualidade

[Janeiro 2007]
São Miguel do Gostoso tem verão com defesa ambiental

[Outubro 2006]
São Miguel do Gostoso, modelo de preservação social e ambiental

[Agosto 2006]
Querem vender a Ponta do Santo Cristo

[Junho 2006]
Aterro das nossas lagoas é grave crime ambiental

[Maio 2006]
Imprensa brasileira dá visibilidade a São Miguel do Gostoso

[Março 2006]
Vamos discutir nosso meio ambiente

[Janeiro 2006]
Muito Mais Gostoso

Fãs de Gostoso


     
  Gostoso na mídia
 
 

praiadogostoso@gmail.com
www.praiadogostoso.com - O site de São Miguel do Gostoso - desde 2005