Header image

São Miguel do Gostoso

RN/Brasil
charme - velejo
\
  
 
 
 
 
Blog
     
 

Atitude - Muito Mais Gostoso                      

Emanuel Neri, jornalista

 

Chegou a hora de levar o nosso turismo a sério

Foto: Matthias Gotz              





Muito bem, agora que a eleição passou, e que Miguel Teixeira se reelegeu para mais um mandato de quatro anos, é chegada a hora de se fazer efetivamente um plano de turismo para São Miguel do Gostoso. Apesar da importância deste segmento econômico para a nossa cidade, até hoje nenhuma gestão municipal, desde que São Miguel do Gostoso foi emancipado de Touros, há mais de 12 anos, pensou seriamente em um projeto que planejasse o turismo para que ele possa dar um salto qualitativo, alcance um lugar de destaque no Nordeste e traga mais desenvolvimento para a nossa economia.

 

 

 

 

 

 

 

 


               Tudo o que foi feito até agora para o desenvolvimento do turismo de São Miguel do Gostoso se deveu aos esforços individuais de empresários que decidiram investir na cidade. A Prefeitura não fez quase nada. Qual foi o plano de incentivo ao turismo adotado pelas gestões municipais? Qual foi o plano de crescimento ordenado da cidade, qual o projeto para dar visibilidade na mídia e no mercado ao nosso destino turístico e atrair mais turistas para a cidade? Qual foi a iniciativa para dar segurança aos equipamentos turísticos, aos empregados na atividade e aos turistas que nos visitam?

              A verdade é que a Prefeitura nunca pensou no turismo como uma fonte importante de receita, de empregos –enfim, uma alavanca para o desenvolvimento de São Miguel do Gostoso. Apesar disso, o nosso turismo deu saltos impressionantes nos últimos anos. A edição 2009 do Guia Quatro Rodas, a principal publicação sobre o turismo no Brasil, diz que a nossa atividade turística está em “plena expansão”. Segundo o Guia Quatro Rodas, São Miguel do Gostoso “ganha a cada ano mais pousadas, bares e restaurantes e, mesmo assim, não perde o ar de tranquilidade”.

             Trata-se, sem dúvidas, de um grande reconhecimento ao esforço da iniciativa privada para desenvolver o turismo de São Miguel do Gostoso. Mas o Guia Quatro Rodas, como não poderia deixar de ser, também aponta para inúmeras deficiências. “O celular por lá, nem pensar. Não tem sinal”, diz. E atenção para outras falhas detectadas pela publicação. “Agências bancárias e hospitais também não têm. E não raro, falta combustível na cidade. Portanto, previna-se e viaje de tanque cheio”. Descontando-se eventuais excessos, tais deficiências são ou não uma responsabilidade, direta ou indiretamente, do poder municipal?

             Espera-se, agora, que a Prefeitura de São Miguel do Gostoso recupere o tempo perdido. Vamos aos números para ver se a gestão municipal entende que investir no turismo é fundamental para dar empregos e aumentar a receita da cidade. São Miguel do Gostoso tem hoje mais de 20 pousadas –se tomarmos por base uma média de 10 funcionários por estabelecimento, só aí são 200 empregos diretos gerados pelo setor. Acrescente-se a isso outro tanto de empregos demandados por restaurantes e bares, além de mão-de-obra com transfer, passeios de bugues e outra infinidade de atividades ligadas ao turismo.

             Na ponta do lápis, pelo menos 500 pessoas trabalham com turismo em São Miguel do Gostoso. Levando-se em conta a média nacional de que cada emprego beneficia outras cinco pessoas, isso significa que só a atividade turística é responsável pela sobrevivência de 2.500 pessoas –representa quase a metade dos cinco mil habitantes da cidade. O turismo gera ainda importantes receitas para as pousadas, para os restaurantes, para o comércio e para o transporte –e para a própria Prefeitura, que recolhe impostos.

             O turismo traz desenvolvimento para São Miguel do Gostoso –só a Prefeitura ainda não se deu conta disso. Agora, quando se inicia a segunda gestão do prefeito Miguel Teixeira, chegou a hora de recuperar o terreno perdido. O setor hoteleiro pede um plano de trabalho e uma proposta de ação para impulsionar o nosso turismo. Queremos dar um salto de qualidade que traga benefícios efetivos para a nossa economia. São Miguel do Gostoso tem um potencial turístico extraordinário. Se a Prefeitura entender isso, podemos ter aqui um dos melhores destinos turísticos do Brasil, polo eficaz de receitas e desenvolvimento.       

 

Quer comentar este artigo? Envie um email para: praiadogostoso@gmail.com

 

Artigo anterior - "São Miguel do Gostoso cresce com qualidade

Voltar ao site de São Miguel do Gostoso

 

As opiniões expressas nos artigos são da responsabilidade dos seus autores e não veiculam necessariamente a orientação do site www.praiadogostoso.com.

 

[Abril 2011] "São Miguel do Gostoso", o filme, faz pensar

[Março 2011] Sinais de maturidade e equilíbrio em São Miguel do Gostoso

[Janeiro 2011] São Miguel do Gostoso se desenvolve, mas ainda tem desafios

[Agosto 2010] São Miguel do Gostoso começa a se mexer

[Março 2010] Vamos nos mobilizar contra a violência e o descaso do Estado

[Fevereiro 2010]
Verão de São Miguel do Gostoso foi movimentado e cheio de atrações

[Janeiro 2010]
Segurança é dever do Estado

[Outubro 2009]
Mais uma da turma do barulho

[Agosto 2009]
Prá não dizer que não falei das flores – e das borboletas

[Julho 2009]
Bem que o Conselho da Criança e do Adolescente deveria entender melhor a questão do barulho

[Junho 2009]
Sebrae ajuda São Miguel do Gostoso a melhorar seu turismo

[Abril 2009]
Problemas de uma cidade que cresce, mas que precisam ser enfrentados

[Fevereiro 2009]
Quando todos se unem, é bem mais fácil resolver

[Janeiro 2009]
São Miguel do Gostoso consolida perfil de turismo cool

[Outubro 2008]
Chegou a hora de levar o nosso turismo a sério

[Janeiro 2008]
São Miguel do Gostoso cresce com qualidade

[Janeiro 2007]
São Miguel do Gostoso tem verão com defesa ambiental

[Outubro 2006]
São Miguel do Gostoso, modelo de preservação social e ambiental

[Agosto 2006]
Querem vender a Ponta do Santo Cristo

[Junho 2006]
Aterro das nossas lagoas é grave crime ambiental

[Maio 2006]
Imprensa brasileira dá visibilidade a São Miguel do Gostoso

[Março 2006]
Vamos discutir nosso meio ambiente

[Janeiro 2006]
Muito Mais Gostoso

Fãs de Gostoso


     
  Gostoso na mídia
 
 

praiadogostoso@gmail.com
www.praiadogostoso.com - O site de São Miguel do Gostoso - desde 2005